No ano de 2014 escrevemos e ilustramos 2 livros infantis, intitulados “Erê” e “Mariana”. Depois de uma busca sem sucesso pela adesão destas obras por editoras, decidimos que eles seriam publicados, só que de uma maneira artesanal. Elaboramos, desta forma um método de estampar as páginas destes livros em uma placa de malha, usando a técnica de sublimação.

Em seguida, diagramamos cada um deles e criamos o selo editorial Era uma vez o Mundo, passando assim a produzir e comercializar as nossas obras infantis. Mais tarde, escrevemos e ilustramos mais um livro, chamado “Super Black Power”, também de pano, e nos sentimos motivados a projetarmos novas obras que em breve serão publicadas.   

No ano seguinte a estas primeiras publicações, vendemos mais de 1.100 cópias de nosso livro-brinquedo “Erê” para a Secretaria de Educação da Cidade do Rio de Janeiro, que o distribuiu para todas as suas Escolas de Educação Infantil. 

Esta ação nos motivou também a sonhar em estruturarmos uma ramificação da nossa empresa para publicar além dos nossos textos, escritos de outros autores, que criem narrativas infantis afrocentradas. Este projeto ainda está em fase de organização, mas em breve poderemos comemorar sua realização.   

É importante dizer aqui que nossos livros são compostos por elementos lindos, coloridos e fofos, em que a nossa negritude é especial e positivamente destacada. Mas isso não significa que nosso consumidor deva ser apenas a parcela-mirim afro-brasileira da população.

Propomos concentrar em nossas edições elementos que serão somados ao que já são, e estão sendo produzidos e vendidos no mercado, criando portanto representatividade, apresentando assim diversidade nas prateleiras de livros infantis espalhados pelo Brasil.

Por enquanto, só é possível encontrar os livros da Era uma vez o Mundo aqui no site ou em nossos stands em eventos, mas em breve estaremos em um montão de lojas pelo país.

0
0
0
s2smodern